Energia no Brasil e o papel do Litro de Luz

Energia no Brasil e o papel do Litro de Luz

As ações da organização social Litro de Luz estão presentes nas cinco regiões do país e já impactam diretamente mais de 16 mil pessoas

Você já se perguntou o que é energia? A utilizamos em diversas aplicações, como carregar nossos celulares, acender lâmpadas, tomar um banho quente, cozinhar, entre outras possibilidades. No entanto, raramente paramos para pensar sobre o que é energia, em uma definição simples e objetiva.

Energia é a capacidade que determinado corpo possui de realizar trabalho, e esta capacidade se manifesta de diferentes formas, como por exemplo: cinética, mecânica, potencial, e a principal, a elétrica.

É estranho que algo que para a maioria de nós é de fácil acesso, ainda não tenha se tornado universal, que é o caso do acesso à energia elétrica. Em um relatório do Banco Mundial (2019), apontou-se que, no mundo, cerca de 840 milhões de pessoas têm sua qualidade de vida deteriorada pela falta do acesso à eletricidade em suas casas e comunidades; no Brasil, este número é de cerca de 2 milhões de pessoas, segundo o Ministério de Minas e Energia, 2019.

De olho nesta problemática, desde 2012, o Litro de Luz, organização social que trabalha a nível internacional e não descansa da sua missão: “Iluminar o Brasil e o Mundo, uma garrafa por vez”, traz tecnologia e conhecimento que transforma vidas. No Brasil, está presente nas cinco regiões e já impacta diretamente mais de 16 mil pessoas.

Matriz energética e Matriz elétrica

Em nosso uso cotidiano, os recursos energéticos se dividem em dois grandes grupos, que são a Matriz energética e a Matriz elétrica.

A matriz energética é o conjunto de todas as fontes de combustíveis disponíveis para suprir nossa demanda por energia para a realização de atividades do nosso dia a dia, como por exemplo: movimentar carros e outros meios de transporte, cozinhar e gerar energia elétrica. Por outro lado, a matriz elétrica corresponde às fontes disponíveis apenas para a geração de energia elétrica; logo, a matriz elétrica compõe a matriz energética.

De acordo com o relatório síntese do Balanço Energético Nacional (BEN), realizado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), a matriz energética nacional conta uma forte participação das fontes de energias renováveis (46,1% – 2019), enquanto a nível global, este valor está na casa dos 13~15%, tomando como base 2017.

Isso é preocupante, pois indica que fontes como carvão, gasolina e outros combustíveis fósseis são intensivamente usados ao redor do mundo, o que certamente agrava os efeitos da poluição e aquecimento global.

No quesito da matriz elétrica, as fontes de energia renováveis representam 83% da matriz elétrica brasileira, enquanto, no mundo, este percentual fica entre 24~27%, tomando como ano base 2016.

Curiosidade sobre energia solar fotovoltaltaica

A energia solar fotovoltaica está cada vez mais presente em nossa vidas, graças a algumas mentes brilhantes que, ao longo dos dois últimos séculos, trabalharam arduamente para tornar painéis solares uma solução viável a nível mundial. A seguir, um pouco da trajetória deste desenvolvimento até os dias de hoje:

●         1839: Descoberta do efeito fotovoltaico pelo físico Alexandre Edmond Bequerel.

●         1883: 1º célula fotovoltaica, criada por Charles Fritts, tinha eficiência máxima de 1%.

●         1905: Descoberta do efeito fotoelétrico por Einstein, a partir das teorias de Heinrich Hertz, de 1887.

●         1922: Prêmio Nobel para Einstein sobre o efeito fotoelétrico.

●         1930: Schottky estabelece a teoria do efeito fotovoltaico.

●         1954: Calvin Fuller, Gerald Pearson e Daryl Chapin criam a 1° célula FV prática de silício mono cristalino.

●         1958: Células FV de 1W é utilizada no satélite Vanguard I, para alimentar seu rádio na viagem.

●         1994: Primeira célula solar que superou em 30% a eficiência de conversão.

●         1999: Capacidade fotovoltaica total instalada no mundo atinge os 1.000 megawatts.

●         2000: Utilização de sistemas fotovoltaicos conectados à rede.

●         2006: Novo recorde ao obter uma célula solar com 40% de eficiência.

●         2012: Regulamentação da RN 482 da Aneel.

●         2015: Resolução Normativa 687/2015 pela Aneel.

Frente aos dados aqui apresentados, uma coisa é certa: o mundo passa por uma transição na forma como usa e gera energia, ao passo que sistemas renováveis aumentam sua eficiência. O papel do Litro de Luz Brasil é levar para as comunidades por meio de nossas ações, o conhecimento e o empoderamento de como participar deste novo movimento mundial em prol da sustentabilidade.

Confira como foi a ação do Litro de Luz na Aldeia Mata Verde Bonita – RJ

Leia também Enel distribuição São Paulo reabre ecopontos para entrega de materiais recicláveis

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Últimas notícias