IFC COBRECOM destaca a importância do armazenamento dos condutores elétricos nas lojas

IFC/Cobrecom destaca a importância do armazenamento dos condutores elétricos nas lojas

Mesmo tendo sido fabricados de acordo com as normas técnicas exigidas e segundo os mais rigorosos padrões de qualidade e segurança, materiais como fios e cabos elétricos necessitam de um bom armazenamento nas revendas para garantir seu padrão de funcionamento.

Rosevaldo Toaliari, supervisor de Desenvolvimento de Produto da IFC/Cobrecom, que é especializada na produção de fios e cabos elétricos de baixa tensão, explica que as más condições de manuseio e armazenamento dos condutores elétricos influenciarão diretamente no tempo de vida útil do material. “Por isso, é fundamental que os lojistas e revendedores tenham muito cuidado e atenção ao estocar fios e cabos elétricos”, alerta.

Ele ainda lembra que todos os produtos fabricados pela Cobrecom passam por rígidos processos de produção e inspeção. E, por esse motivo, os lojistas devem ter o máximo de cuidado no manuseio e armazenamento desses materiais.

O profissional também recomenda sete dicas importantes na hora de estocar fios e cabos elétricos:

1- Os rolos de 100m de fios e cabos elétricos devem ser preferencialmente armazenados em paletes, sem que haja contatos dos rolos externos com outros paletes;

2- Nunca devem ser estocados paletes de rolos sobre outros paletes;

3- Os rolos de 100m não devem ser colocados em quantidades que ultrapassem a altura de 1,5 metros. E as camadas finais devem ser diminuídas em forma de pirâmide, fazendo com que os rolos não desmoronem caso haja necessidade de movimentação;

4- Os rolos nunca podem ser arrastados ou amontoados de forma desorganizada, para não deteriorar as embalagens e até mesmo os fios e cabos elétricos;

5- No caso dos rolinhos com 15 ou 25m, os produtos devem permanecer em suas caixas. Também devem ser dispostos de forma que facilite a sua visualização e obtenção durante todo o período que ficar no estoque;

6- No caso dos fios e cabos elétricos que chegam às revendas em bobinas de madeira, o cuidado é com relação ao descarregar o material do caminhão. As bobinas devem ser retiradas com a utilização de empilhadeiras ou por meio das rampas existentes nos caminhões. E as bobinas nunca devem ser roladas de cima do caminhão;

7- Na loja, os rolos de 100m podem ser expostos de várias maneiras: em plataformas apropriadas ou em prateleiras/gôndolas com altura onde o cliente tenha acesso sem necessidade de escadas.

Os consumidores devem rejeitar rolos com problemas

Antes de comprar fios e cabos nas revendas, os consumidores devem avaliar uma série de fatores, além dos tradicionais dados que averiguam a procedência do material e do fabricante. “A embalagem deve estar livre de poeira e não pode apresentar nenhum tipo de violação. Além disso, todos os rolos devem ter identificação do fabricante e também o Selo do Inmetro”, indica Toaliari.

De acordo com o profissional, embalagens violadas, rasgadas e amassadas, ou com os cabos com batidas ou partes metálicas expostas devem ser rejeitados devido ao produto poder causar curto-circuito na instalação ou choque durante sua utilização.

Leia também Saiba como realizar corretamente a passagem de fios e cabos elétricos através dos condutos

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Últimas notícias