Cummins Inc. anuncia resultados do quarto trimestre e do acumulado de 2020

Cummins Inc. anuncia resultados do quarto trimestre e do acumulado de 2020

Receita do quarto trimestre foi de US$ 5,8 bilhões, 5% maior que o mesmo período de 2019

A Cummins Inc. (NYSE: CMI) anuncia os resultados do quarto trimestre de 2020. As receitas foram de US$5,8 bilhões, 5% maior que o mesmo período de 2019. As vendas na América do Norte ficaram estáveis, enquanto as receitas internacionais aumentaram 12%, impulsionadas pela forte demanda nos mercados de caminhões e construção da China, bem como pelo crescimento nas vendas de novos produtos na Índia.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) no quarto trimestre foi de US$837 milhões (crescimento de 14,4% das vendas), em comparação com os US$682 milhões (12,2% das vendas) registrados no mesmo trimestre de 2019.

No acumulado de 2020, as receitas foram de US$19,8 bilhões, 16% menor que 2019. As vendas na América do Norte caíram 21% e nos mercados internacionais reduziram 7%. As vendas caíram em todas as principais regiões, exceto a China, onde a demanda por caminhões e equipamentos de construção atingiu patamares recordes. O lucro líquido atribuível à Cummins para o acumulado de 2020 foi de US$1,8 bilhão (US$12,01 por ação diluída), em comparação com o lucro líquido de US$2,4 bilhões (US$15,05 por ação diluída) em 2019.

Com base na previsão atual, a Cummins projeta aumento nas receitas para o ano de 2021 entre 8% e 12% e o EBITDA na faixa de 15% e 15,5%. Neste ano, a companha espera que as vendas aumentem em todas as regiões e principais mercados, exceto a China, onde prevê que a demanda seja moderada após um ano recorde em 2020.

“Os indicadores atuais apontam para a melhoria da demanda em várias regiões e mercados importantes em 2021. No entanto, uma incerteza significativa permanece, exigindo um foco forte e contínuo na gestão de custos e fluxo de caixa, à medida que nossos mercados continuam a se recuperar em todo o mundo. Ainda estamos operando sob uma pandemia com medidas extremas de segurança em vigor e nossos fornecedores e clientes estão fazendo o mesmo. Isso apresenta desafios para as cadeias de suprimentos globais ao mesmo tempo em que nossa indústria responde à crescente demanda em vários mercados finais”, afirma o presidente e CEO da Cummins Inc., Tom Linebarger.

Ainda segundo o CEO, “tendo administrado com eficiência um 2020 extremamente desafiador, a Cummins está em uma posição sólida para continuar investindo no crescimento futuro, enquanto continua retornando dinheiro aos acionistas ”, disse o presidente e CEO Tom Linebarger. A empresa planeja devolver 75% do fluxo de caixa operacional aos acionistas na forma de dividendos e recompra de ações.

Destaques de 2020

– A empresa anunciou a criação do Grupo Cummins Advocates for Racial Equity com foco na reforma da polícia, justiça criminal, justiça social e empoderamento econômico dos negros nos Estados Unidos.

– A Cummins aumentou seu dividendo em dinheiro pelo 11º ano consecutivo e retornou um total de US$1,4 bilhão aos acionistas na forma de dividendos e recompra de ações.

– Em resposta à pandemia, a empresa usou sua tecnologia de filtro para fornecer 146 ton. de meios de filtração para fabricantes de máscaras em todo o mundo, usados para produzir mais de 108 milhões de máscaras.

– A empresa estabeleceu uma joint venture chamada NPROXX para fornecer soluções de tanques de armazenamento de hidrogênio para clientes em várias aplicações, incluindo ferrovias, caminhões, ônibus e outras aplicações rodoviárias para avançar na adoção de tecnologias baseadas em hidrogênio.

– Em novembro de 2020, a Cummins foi indicada para os Índices de Sustentabilidade S&P Dow Jones para a América do Norte, uma das principais medidas de sustentabilidade corporativa, pelo 15º ano consecutivo. – Cummins foi uma das 21 empresas nomeadas como “Campeãs da Cultura”, em outubro de 2020 por uma parceria com o Instituto de Massachusetts

Leia mais sobre o setor de energia na seção Negócios

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Últimas notícias