ICEI: confiança do empresário da indústria eletroeletrônica cai em janeiro

Confiança da indústria eletroeletrônica cai em janeiro

Segundo a Abinee, Índice, de 61,3 pontos, é 2,9 pontos menor do apontado no final do ano passado

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Setor Eletroeletrônico atingiu 61,3 pontos no mês de janeiro de 2021, registrando 2,9 pontos abaixo do resultado apontado no final do ano passado (64,2 pontos).

Segundo os dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), agregados pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), essa foi a primeira queda observada desde outubro de 2020.

A piora do ICEI ocorreu na área eletrônica, que caiu de 64 para 58 pontos de dezembro de 2020 para janeiro deste ano.

Assim mesmo, o ICEI de janeiro de 2021 do setor permaneceu acima da linha dos 50 pontos. O Índice varia de 0 a 100 pontos, sendo que valores acima de 50 pontos indicam confiança do empresário industrial e abaixo de 50 pontos mostram falta de confiança.

“O resultado reflete as incertezas dos empresários em razão da segunda onda do Coronavírus e do plano nacional de vacinação, essencial para a retomada da normalidade na economia”, declara o presidente da Abinee, Humberto Barbato. Ele defende também urgência nas reformas como fatores para impulsionar a recuperação.

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) é resultado da pesquisa mensal Sondagem Industrial. Neste levantamento, o principal executivo da empresa responde perguntas sobre as condições atuais gerais da economia brasileira, do Estado de São Paulo e de sua empresa, além da expectativa para os próximos seis meses.

Leia também Geração e consumo de energia elétrica tiveram maiores altas de 2020 durante o 4o-trimestre

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Últimas notícias