EDP entrega caldeira de biomassa a vapor para Barry Callebaut

EDP entrega caldeira de biomassa a vapor para a fabricante de cacau e chocolate Barry Callebaut

A EDP, empresa que atua em toda a cadeia de valor do setor elétrico, entregou um projeto de geração de energia a vapor para uma das unidades da Barry Callebaut – fabricante de cacau e chocolate de alta qualidade – localizada em Itabuna, na Bahia. A iniciativa consiste em uma caldeira de biomassa que terá a casca de cacau como principal combustível, além de uma caldeira reserva a gás natural.

Este é o primeiro empreendimento construído pela EDP com biomassa à base de casca de cacau. O insumo, fornecido pela própria Barry Callebaut, é um resíduo do processo de fabricação da pasta de cacau que, desta forma, poderá ser reaproveitado no processo produtivo. A caldeira principal também poderá ser alimentada por outros tipos de biomassa, como cavaco de madeira. A caldeira a gás natural, por sua vez, só será utilizada durante a manutenção da caldeira principal.

A produção de vapor pela nova central vai evitar a emissão de aproximadamente 3.780 toneladas de CO2 ao ano, já que a utilização do resíduo como fonte para a produção própria de vapor anula as emissões que ocorreriam com a queima de combustível fóssil. Além disso, evita aquelas que decorreriam do deslocamento de matérias-primas, bem como a liberação de alguns gases provenientes da decomposição da matéria orgânica, como o metano, um dos que mais contribuem para o aquecimento global.

Desafios vencidos

O tempo de planejamento e execução da instalação da caldeira de biomassa construída pela Barry Callebaut foi de apenas 14 meses, sendo que parte das obras ocorreu durante o período de pandemia, o que demandou medidas especiais para completar o projeto no prazo com todos os cuidados necessários para garantir a segurança dos trabalhadores envolvidos.

Além da execução do projeto, a EDP também será a responsável pela operação e manutenção da nova unidade durante o prazo de vigência do contrato. Com uma central própria de geração de energia, a Barry Callebaut passa a ter maior previsibilidade dos custos e confiabilidade, por contar com duas caldeiras. No médio prazo, existe ainda a redução de custos gerada pela iniciativa.

“A EDP está orgulhosa de completar com sucesso mais um empreendimento que leva eficiência energética e economia aos seus clientes. Além disso, com o uso da biomassa, uma fonte renovável, conseguimos oferecer uma solução com benefícios ao meio ambiente e que estimula a economia circular”, afirma Carlos Andrade, vice-presidente de Estratégia e Novos Negócios da EDP.

Eficiência Energética

Desde 2016, a EDP já entregou 213 instalações com soluções de eficiência energética. Juntas, elas proporcionam uma economia 379GWh de energia, o que corresponde a 136 mil toneladas de CO2 que deixaram de ser lançadas na atmosfera. Entre os casos de sucesso, destacam-se:

Makro: amplo projeto de eficiência energética que implantou melhorias em 69 lojas da rede atacadista de supermercados em 2017.Com o investimento de R$60 milhões, a atacadista reduziu seu consumo de energia com iluminação em até 55%.

Costa do Sauípe: realizado no complexo hoteleiro Costa do Sauípe, na Bahia, o projeto desenvolvido em 2016 promoveu a modernização do sistema de climatização de dois hotéis do complexo turístico, com automação e retrofit dos chillers e motobombas. Ao fim da remodelação, detectou-se uma economia anual de 2.965MWh, cerca de 34% maior do que havia sido projetado.

Shopping Vitória: o projeto visou à modernização das instalações das Centrais de Água Gelada de duas alas do shopping, localizado no Espírito Santo. O objetivo foi reduzir custos e aumentar a confiabilidade do sistema, possibilitando a operação mesmo em caso de falha ou indisponibilidade dos equipamentos principais, com economia de 2.782MWh ao ano.

Leia também EDP tem meta de redução de CO2 aprovada pela iniciativa Science Based Targets

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Últimas notícias