Consórcio liderado pela ENEL X participa de sessão de assinatura do contrato da PPP de iluminação de Angra dos Reis

Consórcio liderado pela Enel X participa de sessão de assinatura do contrato da PPP de iluminação de Angra dos Reis

O consórcio Luz de Angra, formado também pelas empresas Selt Engenharia e Mobit, assinou o contrato, em Angra dos Reis, do primeiro sistema de iluminação pública operado pela Enel X no Brasil

A Enel X Brasil, linha de negócio do Grupo Enel dedicada a produtos inovadores e soluções digitais, participou da cerimônia de assinatura de contrato no dia 29 de outubro para administrar o parque de iluminação do município de Angra dos Reis, localizado no Rio de Janeiro.

A companhia, juntamente com as empresas Selt Engenharia e Mobit, será responsável por modernizar e gerenciar o sistema de iluminação pública de Angra dos Reis durante o período de 15 anos. Este é o primeiro projeto de parceria público-privada (PPP) que a companhia operará no País, alinhado à estratégia da Enel X de investir em iluminação pública no Brasil com tecnologia e eficiência.

O investimento no projeto é de aproximadamente R$22 milhões, conforme o valor previsto no edital. A Enel X modernizará cerca de 20 mil pontos de iluminação usando LED na cidade, incluindo cerca de 2 mil luminárias telecomandadas.

A empresa também implantará um centro de controle para monitoramento 24 horas por dia, com atendimento por telefone, internet e aplicativo de celular, e fará a modernização da iluminação arquitetural em monumentos estratégicos, como a Casa de Cultura Poeta Brasil dos Reis, Capela Senhor do Bonfim e Casa de Cultura Larangeiras, com base na experiência de mais de 1.500 projetos de iluminação realizados pela Enel X na Itália.

“No Brasil, muitos sistemas de iluminação pública urbana ainda dependem de iluminação tradicional que usam fontes de luz obsoletas e ineficientes. Eles têm diferentes impactos negativos, como baixa qualidade e mais poluição luminosa, interrupções frequentes e níveis de consumo muito alto. Permitiremos à administração pública de Angra dos Reis transformar a infraestrutura de iluminação em um ativo valioso que tornará as áreas urbanas mais acessíveis e garantirá que a própria cidade seja mais segura, moderna, eficiente e atraente. O acordo é um marco para a Enel X no Brasil, alinhado à estratégia global de e-City de promover novas soluções para cidades: iluminação pública, cidades inteligentes, eficiência energética e transporte público”, afirma Francisco Scroffa, presidente da Enel X no Brasil.

Tecnologias avançadas no mercado de iluminação pública

A Enel X é o principal competidor no segmento de iluminação pública e responde por cerca de 2,8 milhões de pontos de luz no mercado global. A empresa planeja crescer neste mercado no País, utilizando tecnologias que permitem, além de ganhos de eficiência energética, menos falhas frequentes e trazem aumento da sensação de segurança graças a ambientes mais iluminados e valorizados.

Toda a operação é gerenciada por meio de uma plataforma e aplicativos integrados, a fim de trazer uma grande vantagem competitiva. O monitoramento em tempo real permite programar manutenção preventiva ou corretiva em casos de falha, otimizando rotas e oferecendo informações ao município paralelamente ao monitoramento da operação.

Também é possível criar cenários específicos para programar a redução da iluminação ou desligar um circuito com segurança para determinados eventos, além de aumentar a vida útil dos componentes por dimerização (redução dos fluxos luminosos) em casos de pouca movimentação ou por meio de horários programados.

Leia também Lâmpadas a vapor de mercúrio e de luz mista deixarão de ser importadas

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Últimas notícias