AES Tietê investe em projeto de estufa urbana

AES Tietê investe em projeto de estufa urbana

A iluminação será feita por LED, com aplicação de diferentes cores, intensidades e potências, a fim de diminuir os custos com energia na produção de alimentos

A fim de contribuir para a redução do desperdício e dos custos envolvidos no transporte alimentício, bem como melhorar o aproveitamento de áreas de cultivo, a AES Tietê, por meio da sua área de P&D e Inovação, está investindo no projeto de P&D Aneel de estufa urbana, realizado em parceria com a CSEM Brasil e BeGreen.

Também chamadas de fazendas verticais, as estufas urbanas são espaços destinados ao cultivo de hortaliças e verduras em locais subaproveitados no meio da cidade. O projeto tem duração de 24 meses e investimento aproximado de R$ 2,85 milhões.

A iluminação será feita por LED, com aplicação de diferentes cores, intensidade e potências a fim de perceber o efeito dessas alterações no volume de alimento produzido e determinar o ponto-ótimo, diminuindo os custos de energia e automatizando as plantações.

“Este projeto está muito alinhado com os principais vetores de transformação do setor elétrico e com a estratégia da AES Tietê: enquanto incentiva a descentralização da produção de alimentos, mais próxima ao ponto de consumo, preza também pela descarbonização da cadeia, ao reduzir as emissões com o transporte, além de reduzir o uso de defensivos agrícolas.” explica Julia Rodrigues, coordenadora de P&D e Inovação da AES Tietê.

Leia também AES Brasil tem nova CEO

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Últimas notícias