Primeira escola de eletricistas exclusiva para mulheres inicia as aulas na Grande Vitória

Primeira escola de eletricistas exclusiva para mulheres inicia as aulas na Grande Vitória

A distribuidora EDP do Espírito Santo realizou, no dia 09/08, a primeira aula da Escola de Eletricistas exclusiva para mulheres. Foram mais de 3.400 inscrições e 32 candidatas selecionadas. Elas serão divididas em duas turmas. As inscrições aconteceram no ano passado, mas por conta da pandemia, as aulas só terão início agora.

Primeira escola de eletricistas exclusiva para mulheres inicia as aulas na Grande Vitória

A cerimônia de abertura do curso teve a participação do vice-presidente de distribuição da EDP no Brasil, João Brito Martins, do diretor da EDP no Espírito Santo, Fernando Saliba, e da diretora do Senai, Mariana Fonseca.

“A Escola de Eletricistas para Mulheres é um projeto do qual nos orgulhamos muito na EDP. Ao mesmo tempo em que gera capacitação profissional e oportunidades de emprego, contribui para promover a igualdade de gênero no setor elétrico”, afirma Fernando Saliba, diretor da EDP no Espírito Santo.

As alunas da Escola de Eletricistas contarão com bolsa-auxílio durante o curso, formação profissional completa e possibilidade de contratação. O programa é pioneiro no setor elétrico. Ele faz parte do compromisso da EDP com o desenvolvimento de ações para promover a igualdade de oportunidades entre gêneros.

Sobre o curso e inscrições

Com carga horária de aproximadamente 550 horas e cerca de três meses e meio de duração, a Escola de Eletricistas é gratuita e tem como foco, principalmente, a qualificação e capacitação de mulheres como eletricistas de redes de distribuição de energia. A iniciativa é uma parceria da EDP com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e pretende, dessa forma, aumentar o contingente feminino no setor elétrico.

Após a finalização do curso, as alunas recebem certificado chancelado pelo SENAI e permanecerão no banco de talentos da EDP. Isso abre oportunidade para participarem assim de processos seletivos para vagas efetivas.

O curso terá aulas teóricas e práticas a respeito dos princípios e leis que regem o funcionamento de sistemas elétricos. O intuito é que as participantes aprendam sobre os procedimentos e técnicas necessárias para planejamento, execução, avaliação e inspeção das redes, bem como sobre manutenções preventivas e corretivas, dentro das normas técnicas e de segurança. 

Ao término do curso, a expectativa é que os profissionais estejam portanto capacitados para o mercado de trabalho.

Além da bolsa-auxílio, as alunas receberão material didático, uniformes, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e lanche no local.

Leia também EDP Smart e Porsche criam parceria e ampliam a experiência de clientes de eletropostos no Brasil

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Últimas notícias