Balanço sobre equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas Panorama e retrospectiva “Ex” 2020

Balanço sobre equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas: Panorama e retrospectiva “Ex” 2020

Artigo de Roberval Bulgarelli aborda a atualização das normas relacionadas a atmosferas explosivas

Ao longo do ano de 2020, foram realizadas no Brasil e em diversos outros países do mundo, muitas ações envolvendo o setor de equipamentos e instalações elétricas e mecânicas em áreas classificadas, sob o ponto de vista de segurança durante o ciclo total de vida deste tipo de instalações industriais “Ex”.

Em função do cenário existente de pandemia devido à Covid-19 e às restrições de eventos, reuniões, auditorias, inspeções e outras atividades presenciais, houve um grande desenvolvimento das atividades remotas, quase que diariamente, como reuniões, seminários, workshops, fóruns, palestras, entrevistas, podcasts e treinamentos “on-line”, fazendo com que fosse devidamente continuada e concluída uma grande quantidade de ações e de atividades nas áreas de segurança de equipamentos e instalações em atmosferas explosivas.

Balanço sobre equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas: Panorama e retrospectiva “Ex” 2020

São relacionadas a seguir algumas destas ações mais significativas “Ex” em 2020.

1. Atualização de normas técnicas internacionais do TC-31 da IEC sobre de equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas

No âmbito internacional, foram elaboradas, revisadas ou atualizadas em 2020 pelo TC-31 (Equipment for explosive atmospheres), com a participação dos 49 países representados, incluindo o Brasil, a seguinte Norma Técnica sobre atmosferas explosivas: IEC 60079-25: Atmosferas explosivas – Parte 25: Sistemas elétricos intrinsecamente seguros (Edição 3.0). Encontra-se em fase de publicação as seguintes normas internacionais sobre atmosferas explosivas:

  • IEC 60079-10-1: Atmosferas explosivas – Parte 10-1: Classificação de áreas – Atmosferas explosivas de gases inflamáveis (Edição 3.0)
  • IEC 60079-26: Atmosferas explosivas – Parte 26: Equipamentos com elementos de separação ou níveis de proteção de equipamentos combinados (Edição 4.0)
  • IEC TS 60079-47: Atmosferas explosivas – Parte 47: Ethernet intrinsecamente segura a dois fios – (2-WISE – Two-Wires Intrinsically-safe ethernet) (inédita)

2.       Atualização de Normas Técnicas brasileiras sobre de atmosferas explosivas

No âmbito nacional do Cobei e da ABNT, as seis Comissões de Estudo do Subcomitê SCB 003:031 da ABNT/CB-003 (Eletricidade) trabalharam para a elaboração e atualização das respectivas normas técnicas brasileiras das Séries ABNT NBR IEC 60079 e ABNT NBR ISO 80079, de forma a manter a devida equivalência com as atuais edições das normas internacionais. Foram realizadas por estas seis Comissões de Estudo do Subcomitê SCB 003:031 da ABNT/CB-003 mais de 50 reuniões remotas ao longo do ano de 2020.

Foram publicadas pela ABNT ao longo de 2020, novas atualizações ou lançamentos inéditos das seguintes Normas ou Especificações Técnicas Brasileiras sobre equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas, adotando as respectivas normas técnicas internacionais da IEC:

  • ABNT NBR IEC 60079-0: Atmosferas explosivas – Parte 0: Equipamentos – Requisitos gerais (Atualização)
  • ABNT NBR IEC 60079-18: Atmosferas explosivas – Parte 18: Proteção de equipamento por encapsulamento “m” (Emenda)
  • ABNT NBR IEC 60079-19: Atmosferas explosivas – Parte 19: Reparo, revisão e recuperação de equipamentos(Atualização)
  • ABNT IEC TS 60079-32-1: Atmosferas explosivas – Parte 32-1: Riscos eletrostáticos – Orientações (Inédita)
  • ABNT NBR IEC 60079-32-2: Atmosferas explosivas – Parte 32-2: Riscos eletrostáticos — Ensaios (Inédita)
  • ABNT IEC TS 60079-42: Atmosferas explosivas – Parte 42: Dispositivos elétricos de segurança para o controle de fontes potenciais de ignição de equipamentos “Ex” [Consulta Nacional ABNT concluída em 12/2020] (Inédita)
  • ABNT IEC TS 60079-43: Atmosferas explosivas – Parte 43: Equipamentos em condições adversas de serviços [Consulta Nacional ABNT concluída em 12/2020] (Inédita)
  • ABNT NBR ISO/IEC 80079-20-1: Atmosferas explosivas – Parte 20-1: Características de substâncias para classificação de gases e vapores — Métodos de ensaios e dados (Inédita)
  • ABNT NBR ISO/IEC 80079-34: Atmosferas explosivas – Parte 34: Aplicação de sistemas de gestão da qualidade para a fabricação de produtos “Ex” (Atualização)
Balanço sobre equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas: Panorama e retrospectiva “Ex” 2020

As Normas adotadas no Brasil das Séries ABNT NBR IEC 60079 e ABNT NBR ISO/IEC 80079 (Equipamentos mecânicos “Ex”) são idênticas em conteúdo técnico, estrutura e redação e sem desvios técnicos nacionais em relação às respectivas normas internacionais da IEC, elaboradas pelo TC-31 da IEC, de acordo com a ABNT Diretiva 3 – Adoção de documentos técnicos internacionais. O Brasil é um membro participante do TC 31 da IEC, com direitos e deveres de apresentar comentários para a melhorias das normas e participar do processo de revisão, atualização, votação e aprovação. Mais informações sobre as Normas Técnicas Brasileiras “Ex” adotadas estão disponíveis em: http://cobei-sc-31-atmosferas-explosivas.blogspot.com.br

3.       Ethernet intrinsecamente segura a dois fios

Encontra-se em elaboração no TC 31 da IEC a nova Norma, a ser publicada inicialmente na forma de uma especificação técnica, IEC TS 60079-47 – Ethernet intrinsicamente segura a dois fios (2-WISE – Two-Wires Intrinsically-safe ethernet).

Aquela norma específica os requisitos para a fabricação, marcação e documentação e instalação de equipamentos e sistemas com a utilização do conceito 2-WISE, tendo como base o padrão de Ethernet a dois fios 10BASE-T1L, de acordo com o padrão IEEE 802.cg – IEEE Standard for Ethernet – Physical Layer Specifications and Management Parameters for 10 Mb/s Operation and Associated Power Delivery over a Single Balanced Pair of Conductors (2020)

O padrão 2-WISE é um conceito de redes ethernet intrinsicamente seguras a dois fios, que opera com o padrão APL (Advanced Physical Layer), projetado para “simplificar” o processo de avaliação dos parâmetros de entidade de segurança intrínseca dos equipamentos e redes de dispositivos “Ex” de campo, com segmentos (spur) ou troncos (trunk) das redes com este padrão. Esta “simplificação” é obtida por meio da definição de limites para os parâmetros universais de segurança intrínseca para as portas de comunicação APL de sensores, atuadores, switches ópticos e demais equipamentos “Ex” de campo, de acordo com a classificação de área no local da instalação (Zona 0, 1, 2, 20, 21 ou 22). A IEC TS 60079-47 apresenta listagens simples de especificação de conjunto de parâmetros para a configuração das portas dos dispositivos “Ex” conectados aos segmentos e troncos 2-WISE.

Os sistemas 2-WISE operam no padrão Ethernet, a 10 Mb/s no modo full duplex, o que representa velocidades de comunicação da ordem de 600 a 3.000 vezes mais rápida que os padrões “atuais” ou “tradicionais” 4 a 20 mA HART ou FISCO (Fieldbus intrinsecamente seguro). A aplicação de sistemas 2-WISE pode ser considerada uma “revolução” em termos de redes de comunicação de campo (nível 0), representando, de fato, a chegada das redes ethernet às instalações industriais de controle de processo, permitindo que cada elemento de campo possua um endereço IP e esteja totalmente integrado à automação da planta, incluindo as áreas de OT (Tecnologia de Operação) e IT (Tecnologia da Informação), permitindo uma total integração dos sistemas de supervisão e controle, desde o chão da fábrica “Ex” até a gestão de ativos, engenharia e manutenção na “nuvem”.

4.       Reuniões do TC-31 da IEC em 2020

O TC-31 da IEC (Equipment for explosive atmospheres) foi criado em 1948 e conta atualmente com a participação de 49 países, inclusive o Brasil. As reuniões operacionais do TC 31 da IEC programadas para serem realizadas em 04/2020 em Chicago e as reuniões plenárias programadas para serem realizadas em 10/2020 em Frankfurt foram reprogramadas para 2021, por questões de segurança e saúde, devido ao cenário existente de pandemia.

Foram realizadas em 11/2020 reuniões “on-line” do Grupo de Conselho dos Coordenadores (CAG – Chair Advisory Group), formado pelos Coordenadores dos Work Groups e Maintenance Teams, para discussão geral do andamento das Normas das Séries IEC 60079 e ISO/IEC 80079 e ações a serem tomadas para o desenvolvimento dos trabalhos em andamento por parte dos Grupos de Trabalho.

5.       Publicação de Folhetos atualizados sobre os sistemas de certificação do IECEx

O sistema IECEx é formado por 35 países, sendo que o Brasil é um país membro desde 2009. Este sistema é utilizado por mais de 4.500 fabricantes de equipamentos elétricos, de instrumentação, de automação e de telecomunicações “Ex”, localizados em 50 países. Fazem parte do IECEx mais de 100 Organismos de certificação de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”, de empresas de serviços “Ex” e de competências pessoais “Ex”.

Foram emitidas em 06/2020 versões atualizadas de “Folhetos” dos sistemas de certificação do IECEx, contendo informações resumidas sobre seus principais objetivos e formas de operação. Foram publicados Folhetos específicos sobre o esquema de certificação de empresas de serviços “Ex” e certificação de competências pessoais “Ex”.

Folheto informativo sobre o Sistema IECEx:

https://drive.google.com/file/d/1GJzxPuyPxHHh1oGqQBxcNJv2vXrslNIz/view?usp=sharing

Folheto informativo sobre o esquema de certificação de empresas de serviços “Ex” do IECEx:

https://drive.google.com/file/d/1Jf5d20egoyIlbwXALgCAihJBmulDeMRa/view?usp=sharing

Folheto informativo sobre o esquema de certificação de competências pessoais “Ex” do IECEx:

https://drive.google.com/file/d/1VtJruu3YiQLm8UZ1tutn4mXAciZp4_6A/view?usp=sharing

Mais informações sobre os objetivos e estrutura do IECEx estão disponíveis em um Folheto, elaborado em português do Brasil pelo Subcomitê SC IECEx BR do Cobei, disponível para acesso público diretamente no website do IECEx: http://www.iecex.com/assets/Uploads/IECEx-Brochure-The-way-to-safety-compliance-170718.pdf

6.       Reuniões operacionais e plenárias do IECEx em 2020

Entre os dias 12 a 15/05/2020 foram realizadas as reuniões “operacionais” e entre os dias 29/09 a 02/10/2020 foram realizadas as reuniões “plenárias” do IECEx – Sistemas Internacionais de Certificação da IEC para o ciclo total de vida das instalações elétricas e mecânicas atmosferas explosivas. Em 2020 estas reuniões foram realizadas de forma remota (“on-line”) em função das restrições de viagens e reuniões presenciais devido ao cenário de pandemia causada pelo Covid 19.

As reuniões remotas se mostraram bastante produtivas, tendo sido discutidos e consensados todos os assuntos previstos nas pautas das reuniões. Foi discutida a possibilidade de as próximas reuniões também serem realizadas de forma remota, por questões de redução de custos de viagens e deslocamentos e da possibilidade de participação de uma maior quantidade de especialistas. Foram discutidas nessas reuniões, dentre outros assuntos, as ações para a atualização e o aperfeiçoamento dos sistemas internacionais sobre certificação de empresas de serviços “Ex”, de competências pessoais em atmosferas explosivas e de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”.

Foi verificado que até 12/2020 haviam sido emitidos mais de 110.000 certificados e relatórios do IECEx emitidos dentre os quatro esquemas de certificação: competências pessoais “Ex”, empresas de serviços “Ex”, equipamentos elétricos e mecânicos “Ex” e provedores de treinamentos “Ex”. Comparados com os cerca de 92.500 documentos que haviam sido emitidos até 12/2019, pode ser verificado um significativo crescimento geral da ordem de 18 % de emissão de documentos no sistema IECEx em 2020, inclusive considerando o atual cenário de pandemia.

Balanço sobre equipamentos e instalações elétricas em atmosferas explosivas: Panorama e retrospectiva “Ex” 2020

Estas reuniões contaram com a presença de centenas de especialistas em atmosferas explosivas, representantes dos 35 países integrantes do IECEx, incluindo a Delegação Brasileira composta por membros do Subcomitê SC IECEx BR do COBEI. Estiveram presentes na delegação brasileira nestas reuniões do IECEx oito representantes de Organismos de Certificação de Competências Pessoais “Ex”, Organismos de Certificação de Empresas de Serviços “Ex”, Organismos de Certificação de Equipamentos “Ex”, fabricante de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex” e consultores brasileiros. Um relatório contendo um resumo dos principais assuntos discutidos nas reuniões plenárias do IECEx está disponível em:

https://drive.google.com/file/d/1yd0LHe2wgJu9pCpqRRIb_3EgeuhA2xEM/view?usp=sharing

7.       Quarto encontro anual sobre atmosferas explosivas do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei

Este encontro anual foi realizado no dia 28/07/2020 com apresentações “on-line” sobre o tema “A relevância do sistema IECEx para a indústria nacional”. As apresentações foram elaboradas sob os diversos pontos de vista de empresa usuária de equipamentos e instalações elétricas e mecânicas “Ex”, de Organismos de Certificação de equipamentos e de serviços “Ex”, fabricantes nacionais e estrangeiros de equipamentos “Ex” e laboratório nacional de ensaios de equipamentos “Ex”. Foram apresentadas as seguintes palestras:

  • O ponto de vista do usuário – Necessidades relevantes para o Ciclo de Vida das Instalações elétricas e mecânicas “Ex”
  • O ponto de vista do fabricante nacional – Foco na exportação de produtos “Ex”
  • O ponto de vista do fabricante internacional – Foco na importação de produtos “Ex”
  • O ponto de vista de Organismos de Certificação brasileiros reconhecidos no Sistema IECEx que certificam no Brasil equipamentos, empresas de serviços e competências pessoais “Ex”
  • O ponto de vista de Laboratório nacional de Ensaio de Equipamentos “Ex”
  • Debates, perguntas, esclarecimento geral de dúvidas, propostas de ações e conclusões, com a participação de todos os participantes

Um dos principais objetivos destes Encontros Anuais “Ex” do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei é o de proporcionar ao público interessado uma oportunidade de atualização sobre o tema “Ex”, obtendo informações recentes sobre o panorama geral das instalações envolvendo atmosferas explosivas e sobre os benefícios e necessidades de certificação de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”, certificação de empresas de serviços “Ex” e certificação de competências pessoais para a execução ou supervisão de atividades “Ex”, sob o ponto de vista do ciclo total de vida das instalações contendo atmosferas explosivas. Os arquivos das apresentações podem ser obtidos na página do Cobei:

http://cobei.org.br/noticias/a-relevancia-do-sistema-iecex-para-a-industria-nacional/

8.       Novos certificados de conformidade IECEx para equipamentos mecânicos “Ex”

Foram emitidos desde 2018 até 12/2020 mais de 310 certificados internacionais IECEx para equipamentos mecânicos “Ex”, destinados para instalação em áreas classificadas contendo atmosferas explosivas de gases inflamáveis ou de poeiras combustíveis, de acordo com as Normas internacionais ISO 80079-36 e ISO 80079-37.

Podem ser citados como exemplos de equipamentos mecânicos com certificação “Ex”, compressores de engrenagens, agitadores ou misturadores para tanques, medidores do tipo turbina, rotativos ou flutuantes, bombas dosadoras, bombas submergíveis, ventiladores axiais ou centrífugos, skid para medição de gás, acoplamentos rotativos, sistemas fixos ou portáteis de ar condicionado, atuadores mecânicos para válvulas de controle, sistemas de “festoon” para suportação mecânica cabos de pontes rolantes, aspiradores pneumáticos de material particulado, sistemas de enrolamento de “risers” umbilicais para FPSO e resfriadores do tipo “vortex”.

Os certificados internacionais para equipamentos mecânicos “Ex” encontram-se disponíveis para acesso público, na íntegra, no sistema no sistema “on-line” de certificação do IECEx e podem ser encontrados com a pesquisa pelas Normas “ISO 80079-36” ou “ISO 80079-37”. https://www.iecex-certs.com

9.       Sistema de certificação de competências “Ex” do IECEx atinge 3.700 certificados de conformidade emitidos

O Sistema de certificação de conformidade de competências pessoais “Ex” do IECEx, lançado em 2010, atingiu em 12/2020 o total de mais 3.700 certificados emitidos para profissionais de 46 países do mundo, incluindo 30 certificados emitidos para profissionais do Brasil. Isto representa uma elevação de mais de 15 % de emissão de certificados de competências pessoais “Ex” em relação ao ano de 2019, o que pode ser considerado um aumento significativo, considerando o cenário de pandemia existente em 2020.

Este sistema internacional de certificação de competências pessoais conta, até o presente momento, com a participação de 16 Organismos de Certificação, sendo um Organismo de Certificação brasileiro (UL do Brasil). Uma “cartilha” contendo o “passo a passo” para a obtenção de certificação de competências pessoais “Ex” é apresentada na Guia IECEx 05 A: Orientações e instruções para inscrição para obter um Certificado de Competências Pessoais “Ex”.

http://www.iecex.com/assets/Uploads/IECEx-Guide-05A-Ed2.1-pt-rev-3.pdf

Todos os certificados de conformidade de competências pessoais, para as 11 unidades de certificação (Ex 000 a Ex 010) estão disponíveis para acesso público, na íntegra, no sistema de certificação “on-line” do IECEx:

https://www.iecex-certs.com/#/home

10.   Novos certificados de competências pessoais IECEx obtidos por profissionais brasileiros emitidos por Organismo de Certificação brasileiro

Foram emitidos ao longo de 2020 um total de onze novos certificados internacionais de conformidade de competências pessoais “Ex” para profissionais brasileiros. Estes certificados foram emitidos por Organismos brasileiro de certificação de pessoas reconhecido pelo IECEx, após a realização de exames teóricos e práticos sobre as unidades de certificação “Ex” que estavam sendo avaliadas nos processos de certificação “Ex” e incluem em seu escopo as Unidades de Competências pessoais Ex 001 (Aplicação dos princípios básicos de proteção em atmosferas explosivas), Ex 003 (Instalações em atmosferas explosivas, com base na Norma ABNT NBR IEC 60079-14), IECEx 007 (Inspeções visuais e apuradas em atmosferas explosivas, com base na Norma ABNT NBR IEC 60079-17) e IECEx 008 (Inspeções detalhadas em atmosferas explosivas, com base na Norma ABNT NBR IEC 60079-17).

Pode ser verificado no presente momento, no mercado de trabalho nacional, uma crescente “oferta” de inspetores “Ex” certificados no Brasil pelo IECEx, a qual tem como base uma crescente “demanda” por inspetores “Ex” certificados, os quais são requeridos de forma contratual por empresas brasileiras da indústria do petróleo, bem como por empresas que prestam estes serviços, como empresas brasileiras de engenharia, empresas de inspeção e estaleiros de fabricação de FPSO.

Este círculo “virtuoso” de certificação de competências pessoais “Ex”, já utilizado por diversas empresas do Brasil e do mundo, apresenta como um dos seus objetivos a devida “confiança” na contratação de profissionais que tenham sido avaliados em suas competências pessoais e sejam periodicamente acompanhados por Organismos de Certificação de Pessoas, no sentido de avaliar a continuidade e atualidade das competências e conhecimentos dos profissionais com certificação “Ex”.

11.   Novos certificados internacionais IECEx obtidos por fabricantes brasileiros de equipamentos “Ex”

De acordo com o sistema de certificação “on-line” do IECEx, até 12/2020 haviam sido obtidos por fabricantes brasileiros um total de 271 Certificados de Conformidade (ExCoC) para equipamentos e componentes “Ex”, 133 Relatórios de Ensaios(ExTR) e 113 Relatórios de Avaliação do Sistema de Gestão da Qualidade (ExQAR). Estes totais de documentos não incluem os certificados de conformidade ou relatórios de ensaios IECEx obtidos por fabricantes brasileiros especificamente para suas fábricas localizadas em outros países. Todos os certificados de conformidade (ExCoC), relatórios de ensaios (ExTR) e relatórios de avaliação do sistema de gestão da qualidade (ExQAR) emitidos no âmbito do IECEx estão disponíveis para acesso público em: https://www.iecex-certs.com

12.   Novas empresas de serviços de reparo, revisão e recuperação de equipamentos “Ex” certificadas no Brasil

Foram certificadas no Brasil, por Organismos de Certificação brasileiros que atuam na área sobre “atmosferas explosivas”, quatro novas empresas brasileiras de serviços de reparo e recuperação de equipamentos “Ex”, com base na Norma ABNT NBR IEC 60079-19. Existem no Brasil, até o presente momento, 78 empresas de serviços de reparo “Ex” certificadas, localizadas em onze estados: https://drive.google.com/file/d/1A6PiWOehMmMIgJAUTZzSCmQYOvc9hAed/view?usp=sharing

13.   Novos treinamentos teóricos e práticos Ex 001, Ex 003, Ex 004, Ex 007 e Ex 008 ministrados pelo SENAI/Santos e SENAI/Benfica

Foram ministrados por escolas técnicas do SENAI, novos treinamentos teóricos e práticos sobre atmosferas explosivas diretamente relacionados com as Unidades de Certificação de Competências Pessoais “Ex” do IECEx. Em 2020 os treinamentos presenciais foram retomados com a adoção das medidas de segurança necessárias, em função da pandemia ocasionada pelo Covid 19. Foram treinados pelo SENAI/SANTOS desde 2015 até o presente momento mais de 500 profissionais nestas diversas Unidades de Competências Pessoais “Ex”. Foram treinados pelo SENAI/BENFICA desde 2007, com base em metodologia ASET (Aberdeen Skills and Enterprise Training Ltd.) até o presente momento cerca de 5.000 profissionais nos requisitos de montagem e inspeção de instalações elétricas e de instrumentação “Ex”, de acordo com as Normas ABNT NBR IEC 60079-14, ABNT NBR IEC 60079-17 e ABNT NBR IEC 60079‑19.

Foram realizados pelo SENAI/SANTOS em 2020 treinamentos presenciais teóricos e práticos com carga horária de 40 h e 80 h, abordando especificamente as atividades relacionadas com as seguintes Unidades de Competências Pessoais “Ex”: Ex 001 (Aplicação dos princípios básicos de proteção em atmosferas explosivas), Ex 003 (Instalação de equipamentos com tipos de proteção “Ex” e respectivos sistemas de fiação) Ex 004 ( Manutenção de equipamentos em atmosferas explosivas), Ex 007 (Execução de inspeções visuais e apuradas de instalações em atmosferas explosivas) e Ex 008 (Execução de inspeções detalhadas de instalações em atmosferas explosivas)

https://santos.sp.senai.br/curso/93073/201/ex000-ex001-ex003-ex004-ex007-e-ex008-capacitacao-em-instalacoes-eletricas-em-atmosferas-explosivas\

https://santos.sp.senai.br/curso/90907/201/ex004-ex007-ex008-inspecao-e-manutencao-de-equipamentos-eletricos-em-atmosferas-explosivas

14.   Considerações sobre o panorama e a retrospectiva “Ex” em 2020

Sob o ponto de vista de segurança industrial, levando em consideração as não conformidades que são verificadas nas inspeções das instalações “Ex” existentes, bem como os acidentes e explosões que ocorrem neste tipo de instalações, decorrentes destas não conformidades, pode ser verificado que somente a certificação dos equipamentos elétricos ou mecânicos “Ex” não é suficiente para garantir a segurança das instalações em atmosferas explosivas, nem das pessoas que nelas trabalham.

Para a elevação dos níveis de conformidade normativa e de segurança industrial das instalações “Ex”, ao longo do ciclo total de vida das instalações “Ex”, existe também a necessidade da certificação prioritária das empresas de serviços “Ex” (incluindo classificação de áreas, projeto, montagem, inspeção, comissionamento, manutenção e reparos de equipamentos e instalações “Ex”), bem como da certificação prioritária das competências pessoais “Ex” dos profissionais que executam tais atividades.

Para que seja evitada a “normalização dos desvios Ex” que é atualmente verificada nas instalações terrestres e marítimas, é necessário que o foco da segurança e da gestão dos ativos “Ex” tenha como base a certificação das competências pessoais dos executantes e supervisores de trabalhos “Ex”. O mercado já disponibiliza há longo tempo equipamentos elétricos, de instrumentação, de automação, de telecomunicações e mecânicos “Ex” devidamente certificados por organismos de certificação da conformidade. No entanto, somente a compra de equipamentos “Ex” certificados não tem se mostrado suficiente para evitar acidentes e explosões. Existe a necessidade da preocupação dos equipamentos “Ex” não somente na condição de “novos”, quando eles saem das fábricas dos respectivos fabricantes, mas ao longo do “ciclo total de vida das instalações Ex”, o qual pode durar muitas décadas.

A crescente “oferta” de profissionais “Ex” certificados no Brasil é um positivo resultado das respectivas e crescentes “demandas” geradas por empresas brasileiras da indústria do petróleo e empresas de serviços, como empresas de engenharia, empresas de inspeção e estaleiros nacionais. Com relação ao ditado popular: “Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha?” pode ser verificado que a atual demanda por profissionais “Ex” certificados resulta na consequente e crescente “oferta” destes profissionais no mercado brasileiro, como pode ser atualmente verificado.

Estas ações têm como base a convergência normativa “Ex” com base nas Normas Técnicas Internacionais das Séries IEC 60079 e ISO/IEC 80079, bem como a convergência regulatória “Ex” com base nos sistemas internacionais de avaliação da conformidade do IECEx, o qual possui apoio formal das Nações Unidas para implantação em seus países membros. Estas ações são necessárias para a elevação dos atuais níveis de segurança das instalações brasileiras envolvendo plantas industriais contendo atmosferas explosivas, tanto terrestres como marítimas, bem como das pessoas que nelas trabalham.

Artigo de Roberval Bulgarelli, consultor sobre equipamentos e instalações em atmosferas explosivas; coordenador do Subcomitê SCB 003:031 (Atmosferas Explosivas) da ABNT/CB-003 (Eletricidade); representante do Brasil nos TC 31, TC 95 e IECEx da IEC. IEC 1906 Awarded
Leia outros artigos técnicos sobre diversos temas

Compartilhe esta postagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Últimas notícias